domingo, 15 de abril de 2018

Toninho Horta e Sergio Vieira. Nova Parceria Musical!

O último encontro entre Sergio VieiraToninho Horta, ocorrido em agosto do ano passado no show "Lançamento do Songbook 108 Partituras" do guitarrista mineiro em Volta Redonda-RJ, no qual Sergio fez uma participação especial, deu origem a uma parceria inédita entre os dois compositores. Segundo Sergio, essa parceria era um desejo antigo dos dois músicos, desde 2010, quando trabalharam juntos em BH na produtora Terra dos Pássaros, que cuida da carreira do Toninho. "Nessa época, o Toninho, que já conhecia algumas canções minhas, feitas em parceria com os indígenas Parakanã (Tupi) na época em que vivi na Amazônia, havia me pedido que fizesse uma letra abordando esse tema. 




Confesso que fiquei super lisonjeado com a proposta, ainda mais partindo de um dos maiores nomes da MPB, reconhecido internacionalmente e um dos meus ídolos. Devo dizer que o peso de tal responsabilidade acabou me causando um certo bloqueio. Mesmo assim, fiz uma primeira tentativa, sendo que a letra acabou ficando muito extensa, sem o ritmo e o formato que normalmente as letras de canções pedem. Entretanto eu já tinha definido o tema e o título. No dialeto Parakanã (tronco linguístico Tupi) existe o termo "awaeté" que significa "gente de verdade" (awa=gente; eté=verdadeiro), que é como os indígenas Parakanã se autodenominam. Esse termo me marcou muito desde que o conheci, ainda mais vivendo em uma sociedade que passa por uma das suas maiores crises de identidade, de ética e de tantos outros princípios que deveriam estar em primeiro lugar nos relacionamentos.
Na verdade, de uns anos pra cá, depois de me dar conta de toda a força desse termo, comecei a alimentar a ideia de escrever alguma coisa a respeito disso e acabei "juntando a fome com a vontade de comer". Daí, há cerca de dois anos atrás, depois de prestar mais atenção no ritmo de uma música instrumental do Toninho chamada  I'l Never Forget que foi gravada no CD Moon Stone em 1989, senti que tinha tudo a ver com o clima das músicas indígenas e como eu já tinha um protótipo da letra, fui adaptando aos poucos, até poder mostrar pro Toninho, que aprovou de primeira, o que me deixou bastante emocionado e honrado, por passar a fazer parte de um grupo seleto de compositores importantes como Fernando Brant, Cacaso, Ronaldo Bastos, Marcio Borges e Caetano Veloso, entre outros, que também são parceiros do Toninho. Trata-se de um reconhecimento muito grande pelo meu trabalho, afirma Sergio.
Os dois músicos e agora parceiros, já estão acertando os detalhes para a gravação da nova parceria "Awaeté", que será lançada nas principais plataformas digitais e que será mais um "cântico de louvor à causa indígena", causa essa que precisa cada vez mais do nosso engajamento e da nossa solidariedade.

Awaeté (Gente de Verdade)
                            Toninho Horta e Sergio Vieira

Awaeté gente verdade
Nação, terra, semente, raíz
De Vera Cruz, sangue Tupi
Esteja aqui
Igarapé
Cresceu liberdade
Maré
O peixe vem repartir
Aruanã, Jaú, Paratí
Vem
Pescar, viver
Sorrir, sonhar
Sofrer, lutar
Morrer devagar
Me dê meu céu
Meu chão, meu lugar
Deixa eu dançar
Pulsar da nossa canção
Minha terra
Palmeira, sabiá
Ninguém vai
Me fazer  calar
Meu lugar, meu chão
Céu, meu sol
Deixa eu dançar, canção
Sal, terra, semente
Nação, liberdade, sonhar





Nenhum comentário:

Postar um comentário